40ª Volta ao Algarve em Bicicleta: Declarações de Rui Costa

A 40.ª edição da Volta ao Algarve, que irá disputar-se entre 19 e 23 de fevereiro, traz a Portugal um pelotão de alto nível internacional.

propedalar.com @ 19-2-2014 15:25:56

A conferência de imprensa na véspera do arranque da prova contou com a presença de Cândido Barbosa (Diretor da Volta ao Algarve), Desidério Silva (Presidente do Turismo do Algarve), Jorge Beldade (Presidente da Associação de Hoteleiros de Vilamoura) e do ciclista português Rui Costa (Lampre-Merida) – atual campeão mundial de fundo e campeão português de contrarrelógio

Algumas declarações de Rui Costa, hoje, na conferência de imprensa:

- “Já iniciei a temporada no Dubai e estive em Maiorca. Chego com mais ritmo do que em anos anteriores. Apesar disso, talvez haja alguns corredores um degrau acima de mim. Um deles é o Michal Kwiatkowski. O Tony Martin também está muito forte e o Alberto Contador, apesar de ser a sua primeira corrida do ano, quer dar o seu melhor. O meu principal objetivo de início de época, mas vou tentar o melhor resultado possível na Volta ao Algarve, uma corrida que gosto sempre de fazer, porque, nesta altura do ano, é difícil encontrar na Europa outro lugar com melhor clima.”


- “O contrarrelógio e o Malhão serão decisivos. O ‘crono’ pode ser curto, mas a subida para o Malhão também é. Está ela por ela.”


- “É muito importante para mim correr em Portugal com a camisola arco-íris, porque a maior parte dos meus apoiantes são de Portugal e é sempre motivante correr em casa.”


Etapas da 40ª Volta ao Algarve:

1ª Etapa: 19 de fevereiro – Faro / Albufeira – 160,00 km

2ª Etapa: 20 de fevereiro – Lagoa / Monchique – 196 km

3ª Etapa: 21 de fevereiro – Vila de Bispo / Sagres – 13,6 km (C/R Ind.)

4ª Etapa: 22 de fevereiro – Almodôvar / Alto do Malhão (Loulé) – 164,5 km

5ª Etapa: 23 de fevereiro – Tavira / Vilamoura – 155,8 km

Total: 690 km


A Volta ao Algarve regressa esta edição às cinco etapas e contempla um percurso variado, desenhado para todos os gostos. A primeira etapa é ideal para os velocistas e a segunda apresenta um perfil de ‘clássica’, com uma contagem de montanha de terceira categoria a apenas cinco quilómetros da meta. Previsivelmente, a Volta ao Algarve será decidida nas duas seguintes etapas. Um contrarrelógio de 13,6 quilómetros vai definir as primeiras diferenças, embora deva deixar a corrida em aberto para o quarto dia, com final no Alto do Malhão, com uma primeira passagem pela meta final ao quilómetro 121. A 11,5 quilómetros do final, surge uma novidade que será uma autêntica “armadilha”, com uma subida de terceira categoria, que tem apenas um quilómetro de extensão, mas cuja inclinação média é de 13 por cento. A Volta ao Algarve termina no dia 23 de fevereiro, com uma etapa plana, num circuito em Vilamoura.

propedalar.com @ 19-2-2014 15:25:56


Clique aqui para ver mais sobre: Ciclismo, Desporto, Competições e Classificações