Pelotão de elevada qualidade na 40ª Volta ao Algarve em bicicleta

A corrida mais internacional do ciclismo português contará de novo com um pelotão de luxo e entre os pré-inscritos conhecidos até à data estão onze corredores do top 100 mundial, os campeões mundiais de fundo e de contrarrelógio – Rui Costa (Lampre-Merida) e Tony Martin (Omega Pharma-QuickStep), respetivamente –, assim como campeões nacionais de nove diferentes países.O português Rui Costa (Lampre-Merida), atual campeão mundial de fundo e campeão português de contrarrelógio, é uma das figuras incontornáveis da prova, regressando ao Algarve depois do quinto lugar na geral individual alcançado em 2013. O germânico Tony Martin (Omega Pharma-QuickStep), detentor do título mundial de contrarrelógio e campeão alemão da mesma especialidade, é outra das referências da Volta ao Algarve e tentará repetir os triunfos de 2011 e 2013.Colega de equipa de Martin na Omega Pharma-QuickStep, Michal Kwiatkowski chegará ao Algarve ostentando os galões de campeão da Polónia de fundo, tendo, à semelhança do alemão, integrado o bloco da Omega Pharma que conquistou o título mundial de contrarrelógio por equipas em 2013.

propedalar.com @ 12-2-2014 17:41:10

A Volta ao Algarve vai ainda receber mais quatro campeões nacionais de contrarrelógio, entre os quais dois homens oriundos de países com pergaminhos nesta disciplina. É o caso do espanhol Jonathan Castroviejo (Movistar) e do britânico Alex Dowsett (também da Movistar). Outro campeão na luta contra o cronómetro é Jan Barta (Netapp-Endura), campeão de contrarrelógio e de fundo da República Checa. O campeão tunisino de contrarrelógio e de fundo, Rafaa Chtioui (SkyDive Dubai), também está pré-inscrito pela sua equipa.

O ciclista Mark Cavendish (Omega Pharma-QuickStep), considerado como o melhor “sprinter” do pelotão mundial com mais de 100 vitórias no currículo, repete a presença na Volta ao Algarve, ostentanto este ano o título de campeão britânico de fundo.

O pelotão da 40ª Volta ao Algarve recebe também o campeão de fundo da Espanha, Jesús Herrada (Movistar), da Estónia, Rein Taaramae (Cofidis), e de Marrocos, Soufiene Haddi (SkyDive Dubai).

Antevê-se uma Volta ao Algarve muito renhida, com candidatos do calibre dos referidos Rui Costa, Tony Martin e Michal Kwiatkowski, mas não esquecendo outros nomes sonantes, com destaque para Alberto Contador (Tinkoff-Saxo) – vencedor da Volta ao Algarve em 2009 e 2010 e vencedor do Tour em 2007 e 2009 –, Christopher Horner (Lampre-Merida) – vencedor da Vuelta em 2013 –, Simon Spilak (Katusha), Tiago Machado (Netapp-Endura), Rafal Majka (Tinkoff-Saxo), Wilco Kelderman (Belkin) ou Thomas Voeckler (Europcar).

Cândido Barbosa, Diretor Desportivo da Volta ao Algarve, afirma: “Num ano muito especial, em que a ‘Algarvia’ celebra a sua 40ª edição, foi possível reunir uma vez mais um pelotão de luxo, fruto do carinho ímpar que a prova goza entre as diversas equipas e ciclistas. Estão reunidas todas as condições para que se assista a um grande espectáculo desportivo na região, e acreditamos que esta edição será a mais competitiva dos últimos anos, quer pelo percurso variado e pelo regresso às cinco etapas, quer pela quantidade de estrelas que estarão presentes na prova. Sendo hoje uma corrida com uma dimensão internacional, queremos que a Volta ao Algarve mantenha a a sua cariz popular, capaz de orgulhar as pessoas da região, e que ano após ano cresça de forma sustentável.”

propedalar.com @ 12-2-2014 17:41:10


Clique aqui para ver mais sobre: Ciclismo, Desporto, Competições e Classificações