MUBI não concorda com seguro obrigatório de bicicleta

A Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicletas (MUBi) contestou as declarações do presidente do Automóvel Clube de Portugal, após Carlos Barbosa ter defendido a criação de um seguro obrigatório de bicicletas. 

propedalar.com @ 30-8-2013 11:47:14


“Dado que os ciclistas estão em igualdade de circunstâncias em relação a um veículo a motor e têm um determinado número de regalias novas, a partir daí é fundamental que também tenham um seguro de responsabilidade civil contra terceiros”, afirmou Carlos Barbosa à agência Lusa.

Em comunicado aos órgãos de comunicação social a MUBI afirma que “A condução de um veículo motorizado não tem paralelo com a condução de um velocípede, no que respeita ao risco gerado para os utilizadores da via pública”, acrescentando ainda que “Em nenhum país da Europa é obrigatório um seguro para as bicicletas. Portugal estaria a andar para trás ao fazê-lo, porque o futuro é fomentar o uso da bicicleta e não dificultar a sua adopção.”

O aumento da obesidade, dos níveis de poluição e das desigualdades sociais são vistos como os principais impactos negativos da aprovação de um seguro obrigatório para biciclistas pela MUBI.

Esta argumentação tem como base a recente aprovação de um novo Código da Estrada que acaba com a discriminação dos velocípedes na regra geral da cedência da passagem, e todo o veículo que se apresente pela direita passa a ter prioridade, caso não exista qualquer sinalização. 

A Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB) também se pronunciou contra a obrigatoriedade de um seguro para ciclistas, considerando-a “uma medida retrógrada” que viola a legislação europeia.

Apesar das críticas ao presidente da ACP, a MUBi demonstra-se disponível para um debate, “de uma forma séria e sem demagógicas”, com a ACP, no sentido de se encontrar soluções “construtivas” para se criar um convívio “mais agradável e seguro” entre os meios de transporte em Portugal. 

propedalar.com @ 30-8-2013 11:47:14


Clique aqui para ver mais sobre: BikeNews