Tour du Pays de Vaud: Daniel Dias sétimo na etapa e 21.º na geral

Taça das Nações

Daniel Dias foi o melhor elemento da Equipa Portugal no Tour du Pays de Vaud, prova da Taça das Nações, que terminou no passado domingo na Suíça, com o corredor nacional a discutir a etapa.

propedalar.com @ 3-6-2019 17:50:41

Daniel Dias

Daniel Dias

Os últimos 110,9 quilómetros da competição, um circuito seletivo em redor de Granges-Marnand en Boucles, foram disputados a um ritmo muito elevado, ao qual Daniel Dias e Diogo Narciso responderam da melhor maneira, entrando no pelotão principal.

Daniel Dias conseguiu estar na discussão da etapa, entrando bem colocado na fase final, mas cedendo lugares na última curva. Ainda assim, foi o sétimo, com o mesmo tempo do vencedor da jornada, o francês Alex Baudin. Diogo Narciso também fez o mesmo tempo do primeiro, no 21.º lugar.

Apesar das dificuldades do terreno, a última etapa não provocou mudanças significativas na classificação geral. O alemão Marco Brenner, vencedor do prólogo, da primeira etapa e do primeiro setor da segunda conquistou a camisola amarela final. Foi acompanhado no pódio pelo holandês Lars Boven, a 36 segundos, e pelo dinamarquês William Levy, a 1m03s.

Daniel Dias foi o melhor português, perto de alcançar o objetivo a que se propunha a Equipa Portugal antes da corrida: entrar no top 20. O jovem ciclista lusitano foi 21.º, a 4m00s do vencedor. Seguiram-se João Macedo, 38.º, a 9m11s, Pedro Silva, 52.º, a 17m46s, Henrique Fróis, 59.º, a 20m17s, e Diogo Narciso, 62.º, a 21m21s. André Domingues abandonou no último dia, ainda a contas com as lesões contraídas na queda da primeira etapa.

O desempenho da Equipa Portugal foi irregular ao longo dos quatro dias de competição, embora o selecionador nacional, José Poeira encontre um padrão e uma melhoria com o passar dos dias. “Foi a nossa primeira prova de 2019 na Taça das Nações. Os corredores acusaram falta de ritmo e de adaptação a corridas com este nível, o melhor nível mundial de juniores. Com a passagem das etapas foram ganhando ritmo e conseguiram adaptar-se a esta forma de correr. Hoje já estivemos na discussão da etapa com o Daniel Dias”, explica José Poeira.

propedalar.com @ 3-6-2019 17:50:41