Tour de l’Espoir: Portugueses cedem na montanha camaronesa

A terceira etapa do Tour de l’Espoir, disputada esta quarta-feira nos Camarões, foi madrasta para a Equipa Portugal, que não resistiu ao ataque da Eritreia na mais montanhosa das tiradas da prova da Taça das Nações de Sub-23.

propedalar.com @ 6-2-2019 14:24:14

Apesar de curta, a ligação de 66,8 quilómetros, entre Nkongsamba e Dschang, tornou-se muito difícil, pela intensidade com que foi corrida. Os quilómetros iniciais, planos, foram percorridos a alta velocidade. Desse modo, estava feito o endurecimento para os decisivos 9,3 quilómetros da subida cujo ponto mais alto distava 6,8 quilómetros da chegada.

A Eritreia confirmou o favoritismo, dinamitando o pelotão em plena montanha. Os portugueses não resistiram à mudança de velocidade dos africanos. Francisco Campos, 23.º, e Gonçalo Carvalho, 24.º, foram os melhores elementos da Equipa Portugal, gastando mais 3m56s do que o vencedor do dia, o eritreu Yacob Debesay, novo dono da camisola amarela.

A superioridade da Eritreia é total, com os corredores daquele país a ocuparem as três primeiras posições na classificação geral. Yacob Debesay, mais novo de cinco irmãos ciclistas, comanda com 49 segundos de vantagem sobre Natnael Mebrahtom e com 57 segundos sobre Daniel Habtemichael.

Francisco Campos é 17.º, a 4m22s, seguindo-se, entre os nacionais, Gonçalo Carvalho, 19.º, a 4m34s, Jorge Magalhães, 34.º, a 8m31s, Miguel Salgueiro, 49.º, a 11m41s, Pedro Miguel Lopes, 64.º, e Gonçalo Leaça, 65.º, ambos a 22m06s.

O Tour de l’Espoir, primeira ronda da Taça das Nações de sub-23, vive amanhã um dia de descanso. A quarta etapa corre-se na sexta-feira, prevendo-se que os sprinters possam voltar a dar cartas, numa ligação de 106,9 quilómetros, entre Ngoulemakong a Yaoundé.

propedalar.com @ 6-2-2019 14:24:14