Federação e Fundação do Desporto assinam protocolo para o desenvolvimento da Academia Nacional de Ciclismo

A Federação Portuguesa de Ciclismo e a Fundação do Desporto assinaram hoje, no Velódromo Nacional/Centro de Alto Rendimento de Anadia, um protocolo de colaboração para o desenvolvimento da Academia Nacional de Ciclismo, também instalada naquele concelho.

propedalar.com @ 30-5-2016 18:01:36

A cerimónia integrou a programação desta segunda-feira da festa de encerramento da edição de 2016, a primeira de sempre, do programa O Ciclismo Vai à Escola, através do qual a Federação Portuguesa de Ciclismo, em parceria com a Câmara Municipal de Anadia e com o Clube de Ciclismo da Bairrada, ensinou a pedalar as cerca de 700 crianças do Agrupamento de Escolas de Anadia.

O protocolo hoje celebrado entre o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira, e o presidente da Fundação do Desporto, Carlos Marta, tem um valor de €50.350 e só foi possível com o apoio da Liberty Seguros, do Grande Hotel do Luso e da Certoma.

“Hoje está a ser um dia maravilhoso, porque a alegria das crianças contagia-nos a todos”, afirmou Delmino Pereira na cerimónia de assinatura do protocolo, destacando o apoio da Fundação do Desporto e da Câmara Municipal de Anadia para o funcionamento da Academia Nacional de Ciclismo, que “é a sede das seleções nacionais de ciclismo e um projeto de sucesso”.

“Felicito a Federação Portuguesa de Ciclismo e a Câmara Municipal de Anadia pelo programa ‘O Ciclismo Vai à Escola’, que é fantástico”, salientou Carlos Marta. O presidente da Fundação do Desporto enalteceu o apoio da Liberty Seguros, do Grande Hotel do Luso e da Certoma à Academia Nacional de Ciclismo, acrescentando que a instituição que dirige trabalha para “criar condições para que o desporto tenha apoios privados e não dependa exclusivamente de financiamento público”.

O reitor da Universidade de Aveiro, Manuel Assunção, também esteve presente na cerimónia, lembrando ser um adepto de ciclismo. “Aprendi a ler com as crónicas da Volta a França e da Volta a Portugal”, assegurou, antes de referir a relação de grande proximidade entre a Universidade de Aveiro e a Federação Portuguesa de Ciclismo. Aproveitou para destacar O Ciclismo Vai à Escola, porque “a sensibilização das crianças para o uso da bicicleta é uma questão técnica, mas também emocional. É muito importante que o ciclismo vá à escola e que as crianças venham ao Velódromo”.

A anfitriã da cerimónia, a edil de Anadia, Teresa Cardoso, recordou que a Câmara Municipal dá “a maior colaboração possível a todas as modalidades residentes no Centro de Alto Rendimento de Anadia”, desafiando o presidente da Fundação do Desporto para “a necessidade de financiar a renovação dos equipamentos da infraestrutura”, que sofrem desgaste com os estágios e as competições. Concluiu revelando que, no próximo ano lectivo, O Ciclismo Vai à Escola continuará no terreno.

propedalar.com @ 30-5-2016 18:01:36


Clique aqui para ver mais sobre: Sabia que