Troféu Sunlive: Iúri Leitão e Mattia Predomo destacam-se com duas vitórias

O português Iúri Leitão, nas disciplinas de resistência, e o italiano Mattia Predomo, no setor da velocidade, foram os corredores em destaque no Troféu Sunlive, prova internacional de pista, que decorreu no Velódromo Nacional, em Sangalhos, Anadia.

propedalar.com @ 30-1-2023 10:40:36

Iuri Leitão

Iuri Leitão

Iúri Leitão foi claramente dominador no concurso masculino de omnium, embora nem tenha começado a ganhar. O primeiro no Scratch foi Rodrigo Caixas (Credibom-LA Alumínios-Marcos Car), mas o desempenho mediano de Caixas na corrida tempo e na eliminação, deixou Iúri Leitão, vencedor das duas disciplinas, no topo da geral.

À entrada para a corrida por pontos, que tudo haveria de decidir, Leitão tinha como adversário mais próximo o sub-23 de primeiro ano João Martins (Rádio Popular-Paredes-Boavista). Mas a prova decisiva seria aziaga para o boavisteiro, que não somou qualquer ponto. Ao invés, Iúri Leitão ganhou duas voltas e pontuou em quatro sprints, terminando a competição com 174 pontos. Rodrigo Caixas fez uma recuperação extraordinária, ganhando duas voltas e pontuando em cinco sprints, o que lhe permitiu subir quatro posições na geral, fechando com 140 pontos. Diogo Narciso, a correr pela Seleção Nacional, foi o terceiro, com 124 pontos.

O vianense da Caja Rural-Seguros RGA, em representação da Seleção Nacional, também triunfo em madison, desta feita em dupla com Diogo Narciso. O duo que, em agosto, ficou a um degrau do pódio no Europeu de elite, não deu hipótese na corrida desta tarde. Leitão e Narciso dobraram o pelotão três vezes e pontuaram em 11 dos 12 sprints, o que lhes valeu 97 pontos. No segundo lugar colocou-se outra dupla portuguesa. Rodrigo Caixas e Daniel Dias somaram 45 pontos. A seleção italiana formada por Samuel Quaranta e Niccolo Galli conquistou 40 pontos e o terceiro posto.

O omnium feminino, sem qualquer portuguesa em pista, viu o pódio ocupado por três seleções diferentes. A grega Argiro Milaki fez um concurso equilibrado, sendo terceira em scratch, segunda na corrida tempo e primeira na eliminação. Terminou a competição com 134 pontos. Margarita Misyurina, em representação do Uzbequistão, chegou à corrida por pontos no sétimo lugar, entre 13 participantes, mas teve um desempenho verdadeiramente entusiasmante na prova decisiva. Venceu quatro sprints – incluindo o último com pontuação a dobrar – e ganhou uma volta ao pelotão. Foi o suficiente para ser a segunda na geral, com 131 pontos. A terceira foi a espanhola Isabel Ferreres, com 126 pontos.

O equilíbrio foi a marca do madison de elite feminina. As duas primeiras equipas ficaram separadas por um ponto. Venceram as espanholas Isabel Ferreres e Ainara Albert 39 pontos. Seguiram-se as usbequistanesas Nafosat Kozieva e Margarita Misyurina, com 38. A proximidade aconteceu por vias diferentes. As espanholas valeram-se de uma volta de avanço, as representantes do Uzbequistão ganharam seis dos oito sprints, mas não dobraram o pelotão. O pódio fechou com as austríacas Verena Eberhardt e Kathrin Schweinberger, que somaram 29 pontos.

Ainda na categoria de elite, mas no setor da velocidade, assistiu-se à hegemonia do jovem italiano Mattia Predomo. Aquele que, em julho, conquistou no Velódromo Nacional os títulos europeus juniores de kerin e velocidade, impôs-se, nas mesmas disciplinas, mas já entre a elite, apesar de ter ainda menos de um mês na categoria sub-23.

Na disciplina de velocidade, Mattia Predomo arrumou a final apenas em duas mangas, batendo o israelita nascido na Rússia Mikhail Yakovlev (IPT Track Trade Team). Na disputa pelo terceiro lugar impôs-se o sul-africano Jean Spies (Gig/South Africa/Rule). Já no keirin, o representante da seleção italiano triunfou diante do grego Sotirios Bretas e de outro transalpino, Stefano Moro.

O equilíbrio ficou patente nas quatro corridas de juniores, cada uma com um vencedor diferente. Os melhores rapazes foram Gabriel Baptista (Landeiro/KTM/Matias & Araújo/Frulact), em eliminação, e o romeno Norbert Nyulas-Petries (CS Intersport), em scratch. Marta Carvalho (Extremosul/Hotel Alísios/Cenmais), em scratch, e Raquel Dias (Extremosul/Hotel Alísios/Cenmais), em eliminação, foram as melhores juniores femininas.


Mattia Predomo

Mattia Predomo

propedalar.com @ 30-1-2023 10:40:36


Clique aqui para ver mais sobre: Ciclismo, Desporto, Competições e Classificações