Troféu Joaquim Agostinho é o próximo objetivo da Equipa Continental UCI Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados

A Equipa Continental UCI Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados regressa à competição já esta quinta feira com a 45ª edição do Troféu Joaquim Agostinho, prova internacional de categoria 2.2. A prova irá disputar-se entre os dias 30 de junho e 3 de julho e contará com um pelotão de 19 equipas.

propedalar.com @ 29-6-2022 12:01:40

Tudo começa com um prólogo de 8 quilómetros, no Turcifal, num traçado bem conhecido do pelotão nacional, pois tem sido ponto de partida de várias edições desta prova. O primeiro ciclista arranca às 17h00.

A primeira etapa em linha corre-se no dia 1 de julho. Inicia-se, às 12h45, na Adega Cooperativa de S. Mamede da Ventosa e termina, por volta das 16h20, em Sobral de Monte Agraço, depois de percorridos 150,8 quilómetros.

Ao terceiro dia o pelotão parte de Atouguia da Baleia, às 12h20, percorrendo 143,2 para terminar no centro de Torres Vedras, cerca das 15h35. É o dia do tradicional circuito torriense, com as subidas consecutivas do Varatojo e da Serra da Vila. A etapa termina à terceira passagem pela meta.

As decisões estão guardadas para a última e mais longa tirada da competição, no domingo 3 de julho. A partida será na Foz do Arelho, às 12h45, e a chegada no alto de Montejunto, perto das 16h50. A viagem tem 174,8 quilómetros, terminando com duas subidas de primeira categoria sucessivas, na serra de Montejunto, A primeira a 5,3 quilómetros do fim e a outra coincidente com a chegada.

Esta competição situa-se a exatamente um mês do principal objetivo da temporada, a Volta a Portugal. Para estes 4 dias de competição vamos apresentar uma equipa de 7 corredores e são eles os locais António Barbio e Francisco Morais, Gonçalo Carvalho, Rui Carvalho, Nicolas Saenz, Pedro Pinto e Gonçalo Amado.

A equipa vem de uma série de bons resultados e quererá certamente continuar nesse registo, tal como explica o diretor desportivo Gustavo Veloso. “Esta é uma corrida com bastante tradição no calendário nacional e queremos naturalmente estar bem. É um primeiro teste para a Volta a Portugal, pois todas as etapas possuem um coeficiente de dureza bastante elevado. Contamos estar na discussão pela Classificação Geral."

propedalar.com @ 29-6-2022 12:01:40


Clique aqui para ver mais sobre: Ciclismo, Desporto, Competições e Classificações