Três semanas consecutivas de corrida para as Seleções de juniores e sub-23

A Seleção Nacional de estrada continua a trabalhar as camadas jovens nas competições da Taça das Nações. Os juniores prosseguem a campanha internacional em França e na Suíça, enquanto os sub-23 vão estrear-se em 2022 na Chéquia.

propedalar.com @ 19-5-2022 12:30:16

Após a participação de sucesso na Corrida da Paz, os juniores vão correr o Trophée Centre Morbihan, em França, nos próximos sábado e no domingo. Em dois dias, os corredores irão cumprir três etapas. A primeira jornada contará com uma tirada de 116 quilómetros. A manhã do dia seguinte será dedicada a um contrarrelógio individual de 7 quilómetros, enquanto o setor vespertino será uma etapa em linha de 110 quilómetros.

Na próxima semana a comitiva nacional estará na Suíça, onde disputará, de 26 a 29 de maio, uma das mais exigentes provas por etapas do mundo para os juniores, o Tour du Pays de Vaud. É uma corrida em que a montanha dita leis, mas na qual a especialidade de contrarrelógio será também decisiva.

A prova inicia-se com um prólogo de 4400 metros. O segundo dia apresenta uma etapa de 135,8 quilómetros. Na terceira jornada, a disputar no dia 28, os ciclistas enfrentam uma etapa matinal de 91 quilómetros, deixando para o período vespertino o segundo contrarrelógio individual da competição, 11,3 quilómetros. No último dia correm-se 104,7 quilómetros.

A base da equipa será a mesma que ajudou António Morgado a conquistar a segunda posição na Corrida da Paz. José Poeira convocou António Morgado, Daniel Lima, Gonçalo Tavares e Rúben Rodrigues (Bairrada), Rafael Barbas (Landeiro/KTM/Matias & Araújo/Frulact) e Tiago Santos (Alcobaça CC/Crédito Agrícola).

Findo este período competitivo dos juniores, inicia-se a época internacional dos sub-23, entre 2 e 5 de junho, na Corrida da Paz, a disputar na Chéquia. A prova arranca com um prólogo de 3,4 quilómetros. Segue-se uma viagem de 131,6 quilómetros, ondulada. A segunda etapa em linha tem 134,6 quilómetros e chegada em alto, sendo uma jornada para puros trepadores. A prova termina com 167,7 quilómetros de média montanha.

Estão convocados Afonso Silva e Hélder Gonçalves (Kelly-Simoldes-UDO), Fábio Fernandes (Efapel Cycling), João Medeiros (LA Alumínios-Credibom-Marcos Car), Pedro Pinto (Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados) e Pedro Silva (Glassdrive-Q8-Anicolor).

propedalar.com @ 19-5-2022 12:30:16


Clique aqui para ver mais sobre: Ciclismo, Desporto, Competições e Classificações