Bruno Sancho conquista a Taça de Portugal de Maratona BTT

O campeão nacional de maratona BTT (XCM), Bruno Sancho (Korpo Activo/Penacova), deu continuidade aos bons resultados, conquistando a Taça de Portugal de XCM, graças ao triunfo na última prova pontuável, em Condeixa-a-Nova. Ana Antunes (Ser e Parecer Publicidade/Cycling Project), mesmo sem pontuar, celebrou a vitória na Taça entre a elite feminina.

propedalar.com @ 2-11-2021 10:35:00

O troféu de regularidade da época de 2021 decidiu-se nos 80 quilómetros da maratona deste domingo, disputados num terreno endurecido pela chuva, em plena serra de Sicó. Andrew Henriques (BTT Loulé/Elevis) partia no comando da Taça, mas bastava a Bruno Sancho ser o mais forte em Condeixa para destronar o algarvio.

Duas semanas após ter conquistado o título de campeão nacional de elite, o ex-profissional de estrada confirmou o bom momento e foi o melhor de todos em Condeixa. Bruno Sancho completou a corrida em 4h01m37s, menos 4m46s do que Andrew Henriques e Filipe Francisco (Louletano-Loulé Concelho), que o acompanharam no pódio. Com este resultado, Bruno Sancho conquistou a Taça, somando 940 pontos, mais 30 do que Andrew Henriques e mais 340 do que Roberto Ferreira (DMT Racing Team).

A elite feminina cumpriu 60 quilómetros, suficientes para Marilyne Marques (CCDR Colmeal Torre/Visit Belmonte/Starmodular) fazer a diferença e triunfar ao fim de 4h09m50s. Marisa Costa (BTT Loulé/Elevis) gastou mais 2m05s e foi a segunda classificada, enquanto Marlene Gonçalves (Douro BTT CPAD) fechou as contas do pódio, a 12m14s. Ana Antunes ganhou a Taça, com 800 pontos, seguindo-se Celina Carpinteiro (BTT Loulé/Elevis), com 630, e Marlene Gonçalves, com 610.

Entre os veteranos, a Taça de Portugal foi ganha pelos master 30 Filipe Ramos (Guilhabreu BTT) e Ana Barata (BTT Gardunha/Fundão/Create), pelo master 35 José Lourenço (SPAC BTT), pelos masters 40 Martinho Saragoça (Róódinhas/Santos Silva) e Raquel Santos (BTT Seia), pelo master 45 José Magalhães (Guilhabreu BTT), pelos masters 50 António Marques (BTT Seia) e Carla Vieira (Padeirinhas Sobre Rodas/Simoldes), pelo master 55 Fernando Gonçalves (CTM/Vila Pouca/CEPSA/Casa Lima Chaves) e pelo master 60 Abílio Moreira (Trepanelas/Prifer).

A Taça nas classes de paraciclismo foram para Tiago Craveiro, em D, e Hugo Frade (Saertex Portugal/Edaetech), em C. Carlos Brás (Golden Clube Cabanas) venceu o troféu em bicicleta de assistência elétrica.

O Vasconha BTT Vouzela foi a melhor equipa, ao passo que o BTT Gardunha/Fundão/Create foi o melhor bloco em masters na geral.

propedalar.com @ 2-11-2021 10:35:00


Clique aqui para ver mais sobre: Ciclismo, Desporto, Competições e Classificações