46.ª Volta ao Algarve Cofidis arranca em Portimão

A 46.ª edição da Volta ao Algarve Cofidis, de 19 a 23 de fevereiro, assinala a estreia no calendário ProSeries com a presença de 24 ciclistas do Top-100 do Ranking Mundial. Percurso mantém chegadas em alto na Fóia e no Malhão e os finais rápidos Lagos e Tavira. No domingo, contrarelógio de Lagoa encerra a prova.

propedalar.com @ 19-2-2020 10:37:44

Campeões olímpicos, campeões mundiais e "estrelas" do top-100 do ranking mundial desfilam, a partir de quarta-feira, pelas estradas algarvias na 46.ª edição da Volta ao Algarve Cofidis. Numa edição promovida ao calendário UCI ProSeries, no reforço da componente internacional da prova cuja transmissão televisiva alcançará 83 países, mantém-se o figurino das cinco etapas - num total de 771,4 km - com a novidade do agendamento do contrarrelógio final para o último dia, o que já não acontecida desde 2012.

Na confirmação da lista de inscritos, efetuada no Auditório do Museu Portimão, não faltaram à chamada as estrelas previamente anunciadas, com natural destaque para a estreia no Algarve do italiano Vincenzo Nibali (Trek-Segafredo), vencedor da "tripla coroa" do ciclismo - Tour, Giro e Vuelta - e para o regresso do galês Geraint Thomas (Team INEOS), vencedor da edição 2018 da Volta a França e que "ensaiou" o seu triunfo maior com duas vitórias no Algarve (2015 e 2016). Na lista de prévios vencedores da corrida, consta ainda do pelotão participante nesta edição, o nome do polaco Michal Kwiatkowski (Team INEOS), laureado em 2018.

Com 24 corredores do Top-100 mundial - sendo o mais bem cotado o campeão olímpico Greg Van Avermaet (CCC Team), na sexta posição da tabela - e múltiplos campeões mundiais de distintas vertentes da modalidade, parte da atração mediática da edição 2020 concentrar-se, com naturalidade, em duas das mais célebres estrelas em ascensão do pelotão internacional, ambos de nacionalidade holandesa: Mathieu Van Del Poel (Alpecin-Fenix), 12.º do Ranking Mundial e Remco Evenepoel (Deceuninck - Quick Step), 28.º. A presença dos jovens corredores holandeses, de 25 e 20 anos, respetivamente, marca as expectativas de uma corrida que, no ano passado, consagrou outra sensação em ascensão, o esloveno Tadej Pogacar.

No pelotão de 25 equipas - 174 corredores -, a Team INEOS (ex-Team SKY), vencedora em três das últimas cinco edições, conta com o tradicional favoritismo anunciando no alinhamento, além dos referenciados Geraint Thomas e Michal Kwiatowski, com o australiano Rohan Dennis, campeão mundial de contrarrelógio. Outro nome consagrado no cartaz da prova é o do colombiano Miguel Ángel López (Astana), anterior terceiro classificado Volta a Itália e da Volta a Espanha no seu arranque de temporada. 


O evento terá transmissão direto em 83 países. Toda a Europa será coberta pela transmissão da Eurosport, mas desta vez existe a novidade de a Noruega poder também ver a corrida em canal aberto, através da TV2. O canal pan-europeu também levará a Volta ao Algarve à Austrália e à Ásia. Pela primeira vez, a América Latina, território de adeptos entusiastas da modalidade, viverá a prova em direto, através da Claro Sports. Em Portugal os diretos de todas as etapas poderão ser vistos na Eurosport 2 e na TVI 24, estando ainda programadas quatro repetições diárias, em diferentes horários, nos canais 1 e 2 da Eurosport.

Prémio Prestígio

A organização decidiu entregar o Prémio Prestígio a Vincenzo Nibali, reconhecendo o currículo ímpar do corredor italiano. A distinção será feita na partida da segunda etapa, em Sagres.

Vincenzo Nibali é um dos dois corredores em atividade que já conquistou Tour (2014), Giro (2013 e 2016) e Vuelta (2010). Além disso, conta no palmarés com dois monumentos, Milão – Sanremo (2018) e Il Lombardia (2015 e 2017), entre mais de meia centena de vitórias.

No passado, o Prémio Prestígio foi outorgado a Philippe Gilbert, Tony Martin, Tom Boonen, Alberto Contador e Fabian Cancellara.

Primeira é para os sprinters

É assim que se espera que se conclua a primeira etapa da competição, entre Portimão e Lagos (195,6 km). A concentração está fixada para a zona ribeirinha de Portimão - palco da apresentação das equipas, a partir das 10h45 - antes da partida simbólica prevista para 12h00. Numa etapa com 2500 metros de subida acumulada, a caravana tem contagens de montanha na Picota (km 62, 13h40) e na Santa Luzia (78 km, 14h01). As metas volantes serão em Loulé (14h00), São Bartolomeu de Messines (14h50), e Odiáxere (16h00). A meta está instalada em Lagos, na Avenida dos Descobrimentos, com a previsão do melhor horário de chegada pelas 16h50. Na lista de velocistas do pelotão da edição 2020 da Volta ao Algarve Cofidis destacam-se os nomes de Elia Viviani (Cofidis, Solutions Crédits), Fabio Jakobsen (Deceuninck - Quick Step), Alexander Kristoff (UAE-Team Emirates), Matteo Trentin (CCC Team) e Mathieu Van Der Poel (Alpecin-Fenix).

propedalar.com @ 19-2-2020 10:37:44


Clique aqui para ver mais sobre: Ciclismo, Desporto, Competições e Classificações