Luís Ferreira e Daniela Pereira dominaram a Maratona BTT de Paredes de Coura

Luís Ferreira (Individual) e Daniela Pereira (Saertex Portugal/Edaetech) foram os vencedores em elites da 5.ª Maratona BTT de Paredes de Coura, quinta e última etapa do Campeonato do Minho BTT XCM - Discover Melgaço.

propedalar.com @ 14-10-2019 16:17:03

A prova organizada pela Associação de Ciclismo do Minho e pelo Município de Paredes de Coura decorreu em caminhos rurais, florestais e trilhos de freguesias do concelho de Paredes de Coura e prometia muita entrega por parte dos atletas, já que ainda estavam por definir alguns títulos e classificações do Campeonato do Minho de BTT XCM.

Em Elites, Luís Ferreira (Individual) aproveitou a ausência do Campeão do Minho David Vaz e impôs-se numa corrida que contou com a presença de alguns ciclistas do escalão de Sub-23 de Ciclismo de Estrada, que se encontram a preparar a nova temporada.

Com a vitória em Paredes de Coura, Luís Ferreira assegurou o segundo lugar no Campeonato do Minho BTT XCM - Discover Melgaço. Na segunda posição ficou José Simões (Tomatubikers/Toyota - Macedo&Macedo), enquanto que Tiago Castro (SPAC BTT) subiu ao terceiro lugar do pódio.

Na prova feminina, Daniela Pereira (Saertex Portugal/Edaetech) não deu hipótese às suas adversárias, vencendo em Paredes de Coura e deixando Tânia Lima e Leandra Gomes, ambas da equipa Batotas/Ponte de Lima, a mais de 40 minutos de diferença. Ana Rita Vale (Batotas / Ponte de Lima) foi a quarta classificada em Paredes de Coura mas assegurou a conquista do título de Campeã do Minho de BTT XCM.

Por equipas a formação do Batotas/Ponte de Lima venceu em Paredes de Coura e sagrou-se Campeã do Minho, enquanto a Saertex Portugal/Edaetech foi segunda classificada na derradeira prova e assegurou a segunda posição no campeonato. A formação do BTT Braguinhas/Padim da Graça foi terceira classificado e a equipa Bombos São Sebastião/MonçãoBike/Lusomotor terminou em quarto, posição que lhe permitiu assegurar o terceiro lugar no Campeonato do Minho BTT XCM - Discover Melgaço.

Em Master 30, a vitória foi de Augusto Midão (Rompe Trilhos/AJPCAR), enquanto Nuno Gomes (Batotas/Ponte de Lima) foi segundo e Daniel Santos (Individual) terceiro. Nas contas do Campeonato do Minho BTT XCM - Discover Melgaço, José Lourenço (SPAC BTT) já havia garantido o título minhoto, enquanto Nuno Gomes confirmou o segundo lugar e Daniel Santos o terceiro. Na prova feminina, Liliana Lopes (Batotas/Ponte de Lima) cortou a meta em primeiro lugar, deixando na segunda posição Mónica Serrano (Bombos São Sebastião/MonçãoBike/Lusomotor), atleta que acabou conquistar o primeiro lugar no Campeonato do Minho.

Luta renhida assistiu-se em Master 35. José Pacheco (SPAC BTT) e Carlos Rocha (Saertex Portugal / Edaetech) entraram para a última prova separados por apenas 25 pontos e, por isso, o resultado da Maratona de Paredes de Coura era decisivo. José Pacheco esteve melhor e cortou a meta em primeiro lugar, festejando a dupla vitória de forma efusiva.

Carlos Rocha terminou a prova de Paredes de Coura na segunda posição, enquanto Francisco Fernandes (CTM-Vila Pouca / CEPSA Casa Lima Chaves) foi terceiro.

Armando Taipa (ARCA Endurance Bike Team) venceu em Master 40, deixando nos lugares imediatos João Lopes (individual) e Pedro Dias (SPAC BTT).

Já na prova feminina, Helena Teixeira (SPAC BTT) cortou a meta em primeiro lugar, enquanto Virgínia Moreira (Saertex Portugal/Edaetech) concluiu no segundo posto.

António Passos (Rompe Trilhos / Ajpcar) foi o vencedor em Master 45. João Leite (SPAC BTT) foi segundo classificado e Tierri Mendes (Saertex Portugal / Edaetech), que já tinha garantido o título de campeão do Minho, cortou a meta na terceira posição.

Em Master 50, Carlos Soares (Saertex Portugal / Edaetech) venceu a corrida e deixou nos lugares seguintes José Rodrigues (Bombos São Sebastião/MonçãoBike/Lusomotor) e Paulo Mota (individual).

Fernando Gonçalves (CTM-Vila Pouca / CEPSA Casa Lima Chaves) foi o vencedor em Master 55 e conquistou o Campeonato do Minho. Joaquim Sá (Bombos S. Sebastião/MonçãoBike/Lusomotor) terminou a etapa de Paredes de Coura em segundo e António Melo (Saertex Portugal / Edaetech) em terceiro.

Nos Master 60, Benjamim Silva festejou a vitória na prova de Paredes de Coura no Campeonato do Minho de BTT XCM. No segundo posto ficou José Santos, enquanto José Mendonça (UCVNF / Centro Ciclista de Avidos-Eugénios/Soniturismo) concluiu em terceiro.

Coletivamente a SPAC BTT venceu a 5.ª Maratona BTT de Paredes de Coura e confirmou a vitória no Campeonato do Minho BTT XCM – Discover Melgaço. A Saertex Portugal/Edaetech terminou na segunda posição e equipa Bombos São Sebastião/MonçãoBike/Lusomotor foi terceira classificada.

Em Paraciclismo a vitória foi de Gil Pereira (Batotas/Ponte de Lima) que assim se sagrou Campeão do Minho. António Costa (BTT Braguinhas / Padim da Graça) terminou no segundo posto e Rui Machado (Individual) no terceiro.

Tiago Cunha (Vice-Presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura)

Tiago Cunha, vice-presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura, ficou satisfeito com a forma como correu a 5.ª Maratona BTT de Paredes de Coura e referiu que “esta é uma prova que fazemos questão de receber e manter, independentemente de todos os outros eventos que recebemos de ciclismo. A Maratona é uma prova mais democrática, o acesso às corridas é mais transversal. Para além dos federados, a Maratona é aberta a todos os ciclistas que queiram usufruir dos trilhos e da rota, fazendo a meia maratona”.

“Fazemos questão de manter a Maratona, não apenas pela questão competitiva, mas por tudo o que lhe está associado. Esta é uma forma de mostrarmos aos adeptos dos desportos da natureza as condições que temos e as que continuamos a criar. Paredes de Coura tem condições de excelência e uma vista maravilhosa e a Maratona passou, sobretudo, por trilhos rurais e florestais, alguns deles associados ao futuro Centro de BTT de Corno de Bico, onde vai ser instalada a pista de XCO. Esta é uma excelente forma de divulgação. Hoje os atletas vieram participar na Maratona e não puderam apreciar muito a paisagem, mas ficam com a ideia e amanhã aparecem para visitar e usufruir das condições e da paisagem”.

O percurso da Maratona decorreu, em grande parte, por uma zona de paisagem protegida e o Município de Paredes de Coura assegurou-se que os ciclistas não deixavam outras pegadas que não seja apenas a da roda da bicicleta “para evitar que os atletas atirassem com as garrafas de água para o meio do trajeto, decidimos oferecer bidões para a água e colocamos os garrafões para reabastecerem. Esta é uma forma de consciencializarmos todos os intervenientes para as questões ambientais e de sustentabilidade”.

Paulo Silva (SPAC BTT)

A SPAC BTT foi a vencedora por equipas em Masters e assegurou assim o título de Campeã do Minho. A equipa de Ponte de Lima chegou à última prova BTT Maratonas na frente da classificação, com 20 pontos de vantagem sobre a Saertex Portugal/Edaetech. Em Paredes de Coura conseguiu duas vitórias, outros tantos pódios e a festa do título.

Paulo Silva, diretor da equipa de Ponte de Lima, fez um balanço positivo da época que agora encerra: “Partimos para este ano com o grande objetivo de nos sagrarmos Campeões do Minho. Era uma ambição que tínhamos. O ano passado conseguimos conquistar três títulos individuais, mas ainda não tínhamos arrecadado o título por equipas. Este ano partimos com essa determinação. Sabíamos que não ia ser fácil, mas o grupo foi excecional e hoje conseguimos realizar o nosso sonho”.

O diretor da SPAC BTT lembrou que “a Saertex foi um adversário difícil pois tem atletas em todas as categorias, o que nós ainda não conseguimos ter. Dificultou bastante a nossa tarefa, mas com trabalho e empenho de todo o grupo conseguimos atingir a nossa meta”.

Promovida conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho e pelo Município de Paredes de Coura, a Maratona BTT de Paredes de Coura teve o apoio das seguintes entidades: Federação Portuguesa de Ciclismo, Score Tech, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, Discover Melgaço, Arrecadações da Quintã e POPP Design.

Recorde-se que os prémios finais dos Campeonatos do Minho e da Taça do Minho de Ciclismo de Estrada serão entregues na Gala de Encerramento da Época Desportiva de 2019, agendada para o dia 23 de novembro (Auditório da Universidade do Minho - Campus de Azurém - Guimarães), em que também serão homenageados os atletas minhotos que se sagraram Campeões Nacionais em 2019 e que conquistaram resultados de relevo a nível internacional.

propedalar.com @ 14-10-2019 16:17:03


Clique aqui para ver mais sobre: Ciclismo, Desporto, Competições e Classificações