Juniores abrem participação nacional nas provas de fundo

O Campeonato do Mundo de Estrada, que decorre na região inglesa de Yorkshire, fechou a página dos contrarrelógios. Amanhã, sexta-feira, começam as provas de fundo e a Equipa Portugal estará representada na primeira corrida, de juniores masculinos.

propedalar.com @ 26-9-2019 18:04:56

Amdré Domingues e João Carvalho

Amdré Domingues e João Carvalho

O tiro de partida será dado, às 12h10, em Richmond, esperando-se o final da prova de 148,1 quilómetros pouco depois das 15h30, em Harrogate, onde os corredores cumprirão três voltas ao exigente circuito urbano de 13,8 quilómetros.

Antes da entrada no circuito, além das estradas estreitas que são uma das imagens de marca deste Mundial, o pelotão vai encontrar duas subidas que poderão ajudar a fazer a triagem de valores. Ao quilómetro 44,7, os corredores vão subir Kidstones (3,9 quilómetros com inclinação média de 4,3 e máxima de 11,3 por cento. Ao quilómetro 87,4 estão colocado o topo de Summerscales (6,4 quilómetros com pendente média de 3,9 e máxima de 5,2 por cento).

João Carvalho (dorsal 113) e André Domingues (114) foram os escolhidos pelo selecionador nacional, José Poeira, para esta missão. São ambos estreantes em Campeonatos do Mundo e estão, naturalmente, entusiasmados com a corrida desta quinta-feira.

“Só a presença numa prova desta dimensão já é excelente. É uma honra poder representar Portugal num Campeonato do Mundo. Sinto-me bem e vou dar o máximo. Não sei o que esperar em termos de resultado, mas tudo farei para que seja positivo. A corrida prevê-se dura, num percurso muito técnico, no qual será necessário tomar alguns riscos”, afirma André Domingues.

João Carvalho promete dar tudo para bater-se por um resultado positivo. “Quando começo uma corrida tenho sempre a mesma intenção: lutar pela vitória. Sei que aqui é muito difícil, com uma concorrência muito forte, mas o empenhamento será máximo. Acredito que a corrida comece a decidir-se antes do circuito final, nas estradas estreitas e nas subidas duras. O circuito também é exigente, o que é bom para os portugueses”, antecipa o jovem corredor.

propedalar.com @ 26-9-2019 18:04:56