Luís Costa 11.º na prova de fundo do Mundial de Paraciclismo

Luís Costa fechou a participação portuguesa no Campeonato do Mundo de Paraciclismo, em Emmen, Holanda, com a 11.ª posição na prova de fundo para a classe H5.

propedalar.com @ 16-9-2019 11:14:24

Luis Costa

Luis Costa

Os 66,6 quilómetros permitiram que se destacassem oito corredores, que discutiram o título mundial. O mais forte foi um homem da casa, Tim de Vries, que relegou o o italiano Alessandro Zanardi para o segundo lugar e chinês Qiangli Liu para o terceiro posto. Luís Costa chegou num segundo grupo, na 11.ª posição, a 3m06s do vencedor.

Na corrida de classe H4, disputada ao longo de 66,6 quilómetros, Flávio Pacheco foi o 15.º classificado entre 20 participantes. O corredor português ficou a uma volta do vencedor, o holandês Jetze Plat, que juntou o título mundial de fundo ao de contrarrelógio. O pódio completou-se com dois paraciclistas oriundos dos Estados Unidos da América, Thomas Davis e Travis Gaertner, ambos com o mesmo tempo do vencedor.

Luís Costa, nono na prova de contrarrelógio, garantiu a continuidade da integração no projeto paralímpico Tóquio’2020. Telmo Pinão esteve prestes a conseguir o mesmo na corrida de fundo de classe C2, mas caiu na reta da meta, quando sprintava pelo sexto posto. As quedas de sábado entupiram a estrada com carros de apoio, impedindo Bernardo Vieira de chegar aos dez mais em C1. Flávio Pacheco está em processo de evolução, devendo ainda adaptar-se à competição internacional e melhorar a técnica de corrida, considera o selecionador nacional, José Marques.

propedalar.com @ 16-9-2019 11:14:24