André Domingues conquista a Volta a Portugal de Juniores

André Domingues (Escola de Ciclismo Bruno Neves) conquistou no passado fim de semana em Seia, a 14.ª Volta a Portugal de Juniores. O corredor leiriense resistiu aos múltiplos ataques da concorrência, incluindo o do belga Lars Droogmanns (Maes CT Glabbeek), que venceu a etapa e subiu ao segundo lugar da geral.

propedalar.com @ 26-8-2019 12:21:45

André Domingues vence Volta a Portugal de Juniores

André Domingues vence Volta a Portugal de Juniores

Os 112,1 quilómetros, entre Fornos de Algodres e Seia, com um percurso polvilhado por seis contagens de montanha, foram muito movimentados, permitindo a formação de vários grupos de fugitivos.

O ataque mais poderoso juntou treze corredores em cabeça de corrida, mas o grupo foi perdendo unidades, à medida que iam sendo ultrapassados as dificuldades orográficas. Na primeira passagem pela meta, uma contagem de montanha de terceira categoria, a 18,5 quilómetros do final, sobravam três corredores na dianteira. Um deles, João Silva (Bairrada), batia-se pela etapa e pela classificação dos trepadores. O outro, o colombiano Abner Umba (Team Ingeniería de Vías/Monsalud), procurava chegar à camisola amarela, até porque iniciara a tirada apenas a 2m14s do topo da geral.


André Domingues

André Domingues

No pelotão, André Domingues já não tinha colegas de equipa para o ajudar e a diferença para a frente da corrida aproximava-se perigosamente dos dois minutos. Para complicar ainda mais a vida ao camisola amarela, Lars Droogmanns, que estava a 1m00s na geral, atacou no pelotão e chegou à cabeça de corrida, para discutir a etapa com Abner Umba e João Silva, uma vez que o terceiro elemento que vinha da fuga, Martín Fajardo (Giménez Ganga/Primoti/Tocobike) perdera o contacto.

Num apertado sprint, o corredor belga levou a melhor e comemorou o triunfo, deixando a João Silva no segundo lugar, com o prémio de consolação de ser coroado rei dos trepadores. Abner Umba foi o terceiro, a 5 segundos.


Chegada

Chegada

Com o cronómetro a contar, André Domingues assumiu todas as despesas da perseguição no grupo dos candidatos à geral, tentando impedir o sucesso absoluto do ataque de Lars Droogmanns. O português foi bem sucedido. Cortou a meta no oitavo lugar, a 32 segundos, e garantiu a conquista da Volta a Portugal de Juniores, feito que nenhum português alcançava desde 2016, ano em que se impôs João Almeida, entretanto a caminho da Decuninck-Quick Step.

Contas feitas, André Domingues encerra os quatro dias de competição no topo da geral, com 18 segundos de vantagem sobre o belga Lars Droogmanns e com 36 segundos ganhos ao colombiano Steven Bayona (Team Ingeniería de Vías/Monsalud), que o acompanharam no pódio.

O belga Tijs Verstappen (Maes CT Glabbeek) segurou a camisola dos pontos e o colombiano Steven Bayona foi o melhor júnior de primeiro ano. Por equipas impuseram-se os colombianos da Team Ingeniería de Vías/Monsalud.

Pódio

Pódio

propedalar.com @ 26-8-2019 12:21:45