Iuri Leitão sexto classificado na competição de omnium do Europeu

O português Iuri Leitão esteve na discussão do pódio do concurso olímpico de omnium para sub-23 do Campeonato da Europa de Pista, em Gante, Bélgica, acabando na sexta posição.

propedalar.com @ 15-7-2019 11:04:18

Iuri Leitão

Iuri Leitão

Numa competição muito equilibrada até aos últimos sprints da corrida por pontos, que encerra o programa de omnium, o ciclista vianense manteve-se sempre perto das posições de pódio. Iuri Leitão chegou à corrida por pontos na quinta posição, graças ao quarto lugar em scratch, quinto na corrida tempo e sétimo em eliminação.

O corredor da Equipa Portugal iniciou bem a corrida por pontos, pontuando em dois sprints, mas a concorrência revelou-se mais forte. Iuri Leitão acabou com 97 pontos, no sexto posto. A vitória do britânico Matthew Walls foi incontestável, com 138 pontos. Seguiram-se o francês Donovan Vincent Grondin, com 118, e o alemão Moritz Malcharek, com 113.

“O Iuri está pela primeira vez em Campeonatos da Europa, podendo considerar-se que teve um desempenho muito bom. Entrou bem no ritmo, pontuou para defender o lugar que tinha, que é muito importante, e conseguiu estar perto da medalha, embora soubéssemos que, a este nível, seria sempre muito difícil chegar ao pódio na estreia”, revela o selecionador nacional, Gabriel Mendes.

Maria Martins foi a sétima classificada no concurso para sub-23 femininas de omnium. A corredora portuguesa chegou à decisiva corrida por pontos em condições de bater-se pelo pódio, depois de ter sido quinta em scratch, nona na corrida tempo e segunda em eliminação.

“A Maria fez um bom concurso, embora quiséssemos um pouco melhor. O nível de pontuação não coloca em causa o apuramento para a Taça do Mundo, pelo que cumprimos o mais importante”, considera Gabriel Mendes.

A corrida por pontos acabou por não correr bem a Maria Martins, que apenas somou dois pontos, para terminar a competição com 96, no sétimo lugar. A medalha de ouro foi para a britânica Jessica Roberts, com 136 pontos, mais 17 do que a francesa Clara Copponi, segunda, e mais 23 do que a polaca Daria Pikulik, terceira. “A Daniela foi adquirindo confiança ao longo deste Europeu, melhorando de corrida para corrida. Precisa de mais experiência, mas esta participação abre boas perspetivas para futuro”, afirma Gabriel Mendes.

O dia de sábado foi destinado à corrida por pontos para juniores. No setor feminino, Daniela Campos foi a oitava classificada, com cinco pontos. O pódio ficou entregue à italiana Matilde Vitillo, com 32 pontos, à irlandesa Iara Gillespie, com 21, e à holandesa Maike van der Duin, com 13.

Diogo Narciso foi o representante português na corrida por pontos de juniores masculinos, finalizando a prova no 12.º lugar, com 20 pontos negativos, resultantes da perda de uma volta. O russo Vlas Shichkin ganhou com 80 pontos, mais 35 do que o holandês Enzo Leijnse e mais 41 do que o alemão Hannes Wilksch, que ficaram com as restantes medalhas. “O Diogo teve algumas falhas técnicas que o colocaram em situações difíceis, devido a algumas dificuldades de entrar neste ritmo, na sua primeira participação em Campeonatos da Europa. Sentiu dificuldades, mas tem condições para melhorar em compromissos futuros”, adianta o selecionador.

propedalar.com @ 15-7-2019 11:04:18


Clique aqui para ver mais sobre: Ciclismo, Desporto, Competições e Classificações